“A Festa do Leitão é um evento gastronómico e temos assistido ao desvirtuar desse conceito”

Bruno Almeida e a nova equipa de dirigentes da ACOAG

“É sem dúvida o ano da mudança” da Festa do Leitão, diz Bruno Almeida, presidente da direção da ACOAG, considerando que a festa é “um evento gastronómico” que tem sido desvirtuado nos últimos anos

P> Uma das suas “bandeiras”, durante as eleições para a presidência da ACOAG, foi a Festa do Leitão. Era esta a festa que pensou organizar?
R> Sim, sem dúvida! É este o conceito em que acredito, um evento puramente gastronómico.

P> Houve alguma desilusão em relação ao programa de animação, pela ausência de nomes conhecidos no cartaz. O que justifica esta não aposta no cartaz de espetáculos?
R> A festa do leitão é um evento gastronómico e temos assistido ao desvirtuar desse conceito. Assim, o importante é a gastronomia e é a essa que temos de dar a maior relevância. Contudo, isto não nos fez esquecer a animação e haverá muita dinâmica com o público em geral e também com as crianças, tendo até um restaurante para estas. No primeiro dia teremos o famoso Quim Barreiros e algumas bandas da região, grupos de cantares espanhóis, portugueses e tunas académicas acabando com dj’s.

A GASTRONOMIA COMO ESSÊNCIA

P> O que é que acha que as pessoas vão encontrar nesta edição que não encontravam antes?
R> A gastronomia como essência do evento, o espumante e vinhos da bairrada, que assumem um papel muito importante na festa do leitão, existindo mesmo uma tenda onde estarão concentrados. Aliado a isto, temos um restaurante Galego, que marca o início da internacionalização do certame. E não posso deixar de realçar a presença dos embaixadores da gastronomia, as confrarias gastronómicas.

P> Faz sentido, na sua opinião, a introdução de marisco na Festa do Leitão, uma das novidades desta edição?
R> Toda. O leitão é uma das sete iguarias gastronómicas de Portugal e, assim, sendo devemos mostrá-lo ao mundo com mais afinco. Assim, surge este primeiro passo. Fizemos uma parceria com a Fundacion Luso-Gálaica da qual surge um intercâmbio gastronómico ou seja a Galiza faz-se representar no nosso evento com um restaurante da sua especialidade, o marisco, e aquando da festa do marisco estaremos nós a representar a nossa, o rei Leitão. No âmbito desta mesma parceria estes vão trazer ainda grupos de cantares e confrarias para animar as ruas de Águeda e da festa do leitão.

ANO DA “MUDANÇA”

P> Porque é que diz que esta edição vai marcar uma viragem na Festa do Leitão?
R> A nossa preocupação desde sempre foi que os visitantes da festa do leitão chegassem ao evento e saíssem gastronomicamente satisfeitos. Com um aposta clara na gastronomia, no leitão nas suas iguarias finalizando com o casamento ideal do leitão com espumante temos de certo a receita vencedora. É sem dúvida o ano da mudança.

P> Que iniciativas destacaria da edição deste ano?
R> Teremos muitas de certo e de várias categorias, mas gostaria de realçar entre todas o menu de degustação de leitão, onde os restaurantes estão disponíveis para servir pratos que começam com iscas e broa, feijoada de leitão, cabidela, etc. e terminando com o leitão assado (este menu só por encomenda e poderão fazê-lo em acoag@acoag.pt ou pelo telefone 234610720).

P> Qual é o valor do investimento no certame deste ano?
R> Existem vários tipos de investimento, em relação ao financeiro é grande e temos de ser contidos para fazermos o melhor possível, em relação aos outros investimentos gostaríamos de valorizar o maior de todos que é aqueles que acreditam neste modelo gastronómico e que acreditam no seu sucesso contribuindo da forma que conseguem, a todos o nosso muito obrigado.

P> O que acha do apoio da Câmara Municipal à realização do evento?
R> A câmara é sempre um apoio fulcral para este acontecimento, pois como sabem somos uma entidade privada sem fins lucrativos, mas sinceramente acho que podemos desenvolver mais e melhores parcerias no futuro para podermos ter mais sucesso e, ao contrário do que se possa pensar, o sucesso quando existe é de todos e não só da ACOAG!

ISABEL GOMES MOREIRA

 

Foto em cima: Bruno Almeida e a nova equipa de dirigentes da ACOAG
Autores

Notícias Relacionadas

*

Top