ABIMOTA propõe que seguro escolar cubra deslocações de bicicleta

ABIMOTA

A Associação Nacional dos Industriais das Duas Rodas, Ferragens, Mobiliário e Afins (ABIMOTA) propôs ao ministro da Educação que o seguro escolar passe a incluir as deslocações de casa para a escola e regresso, quando realizadas de bicicleta

A ABIMOTA- que solicitou uma reunião ao ministro para debater o assunto – considera “determinante que se ultrapasse de imediato este esquecimento legal e se adeque a legislação ao tempo presente”.
Defendendo que é necessário “proteger e estimular esta forma de deslocação”, a associação lembra as vantagens do uso da bicicleta como “forma de combater o sedentarismo e a obesidade” e do seu contributo para a “diminuição da produção de gases de estufa” e para “uma maior consciência ambiental”, permitindo ainda “a redução das importações de hidrocarbonetos” e o “desenvolvimento da indústria nacional”, ao mesmo tempo que “promove a responsabilidade pessoal e gera autoconfiança e autonomia nas crianças e jovens”.
A associação termina a sua missiva solicitando ao ministro da Educação “que desenvolva as démarches necessárias para que as crianças e jovens do nosso país, quando utilizam a bicicleta para se deslocarem de e para a escola, fiquem cobertas com o seguro escolar.
A associação solicitou ainda reuniões com os grupos parlamentares para que “em sede de orçamento possam, promover as alterações legislativas necessárias para que o objetivo seja concretizado”.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top