AEA quer descida da taxa de IVA na energia

Gás natural

A Associação Empresarial de Águeda (AEA) enviou um ofício ao novo ministro das Finanças, Mário Centeno, a solicitar a diminuição da taxa de IVA a aplicar à eletricidade e ao gás natural para 6%. Justifica a AEA que “as famílias e empresas portuguesas pagam a eletricidade e gás natural a um preço dos mais caros do espaço da União Europeia” e que “a manutenção dos elevados e desajustados preços na energia não tem qualquer razão de mercado e apenas garante o engordar das distribuidoras”. Para a AEA, “as famílias estão a ser muito penalizadas por pagarem IVA à taxa de 23% na energia que consomem” e “também as empresas estão a ser muito penalizadas pela manutenção da elevada taxa de IVA que se reflete na sobrecarga da tesouraria”, para além de se tratar de “um bem estratégico à economia e da qual depende a nossa competitividade externa”.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top