Agressores do pároco da Branca são estrangeiros a residir em Águeda

Os três estrangeiros de 37, 28 e 30 anos, residentes no concelho de Águeda, suspeitos de assaltarem e agredirem o pároco da Branca, foram detidos e presentes ao tribunal de Estarreja.

Suspeita-se que o trio seja o mesmo que no sábado assaltou um armazém chinês de Salreu e foi detido em flagrante delito.

O pároco da freguesia da Branca, Manuel Dias, de 81 anos de idade, foi vítima de assalto e agressão no sábado passado. O sacerdote preparava-se para ver televisão, quando indivíduos, aparentemente estrangeiros, entraram na cozinha da residência paroquial, atirando ao chão a irmã do pároco, de 76 anos de idade.

(informação completa na edição impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top