Águeda não esquece tragédia que vitimou bombeiros e civis

Homenagem aos bombeiros e civis falecidos no incêndio catástrofe

Na madrugada de 14 de junho de 1986 perdiam a vida nove bombeiros de Águeda, quatro de Anadia e três civis, no grande incêndio que atingiu a zona serrana de Águeda.

Trinta e dois anos depois, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Águeda voltou a assinalar a data com a deposição de flores junto aos monumentos no quartel sede em Águeda e em Castanheira do Vouga, seguida de missa.

BOMBEIROS
DE ÁGUEDA:
Abel Ferreira
António Eduardo da Conceição Pires
Armando Rodrigues Cardoso Loura
Arsénio de Oliveira e Silva
José António Pereira de Matos
Cândido Oliveira Marques
Domingos Amorim Braz
Fernando António de Jesus Rocha Guerra
Luís da Graça Gonçalves
BOMBEIROS DE ANADIA:
Manuel Luís de Jesus Pinheiro
Armindo Martins Heleno
Jorge Manuel Martins dos Santos
José Augusto Silva Rolo
CIVIS:
Abílio Dias Henriques
Manuel Domingos Bela
Carlos Alberto Baptista da Cruz

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top