Águeda tem 93,6% de empresas com menos de 10 trabalhadores

Águeda Aerea

O número de empresas não financeiras diminuiu em Águeda no período compreendido entre 2009 e 2015, acompanhando o verificado na Região de Aveiro e no país, mas a tendência tem sido de recuperação. O período crítico foi até 2013, ano em que foi atingido o valor mais baixo. Mais de 93% das empresas têm menos de 10 trabalhadores

Os dados são da PRODATA, base de dados do Portugal contemporâneo, a que o RA teve acesso, dando sequência ao trabalho apresentado na última edição sobre a demografia do município de Águeda.
Em 2009, Águeda tinha 5.390 empresas não financeiras, diminuindo para 5.238 em 2015, fruto sobretudo da acentuada diminuição do número de empresas não financeiras entre 2009 e 2013 (4.985). Regista-se, pois, uma recuperação progressiva até ao último ano em estudo.
As tendências regional e nacional são semelhantes. Na Região de Aveiro, por exemplo, existiam 41.679 empresas não financeiras em 2009, baixando para 38.606 em 2013 e aumentando para 40.441 em 2015. Portugal, no seu todo, perdeu cerca de 100 mil empresas até 2013, ganhando perto de 65 mil novas empresas nos dois anos seguintes.
Estes valores – de empresas não financeiras – consideram as empresas, os empresários em nome individual e os trabalhadores independentes, excluindo as atividades financeiras e de seguros, a administração pública e defesa e a segurança social obrigatória. (Leia mais na edição da semana)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top