Águeda tem estrutura de atendimento a vítimas de violência doméstica

violência doméstica

Águeda dispõe de uma estrutura de atendimento a vítimas de violência doméstica (EAVVD). A estrutura Dar Voz, da delegação de Águeda da Cruz Vermelha Portuguesa, foi criada com o objetivo de dar resposta à violência doméstica, de forma confidencial e gratuita.

Promove a informação, o atendimento e o acompanhamento às vítimas, estendendo a sua área de intervenção aos municípios de Sever do Vouga, Albergaria-a-Velha, Águeda, Anadia e Oliveira do Bairro.
Este serviço está disponível de segunda a sexta-feira, das 10 às 17 horas, através do telemóvel
924 244 008 ou do endereço de email dagueda.darvoz@cruzvermelha.org.pt ou dos números 234 610 310 (Tribunal de Águeda) e 234 602 642 (delegação de Águeda da Cruz Vermelha).
“O isolamento das famílias é imperativo para a contenção da COVID-19, mas pode significar um aumento do risco de violência doméstica”, refere fonte da estrutura, salientando que “face à conjuntura atual de quarentena, os dados da violência doméstica dispararam em alguns países, chegando mesmo a triplicar”.
Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica, contacte. Violência doméstica é crime público. Denunciar é uma responsabilidade de todos!

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top