Arco-Íris quer rever acordos com a Segurança Social

Arco-Íris, de Paradela

O Centro Social Arco-Íris, em Paradela (Espinhel), quer rever os acordos com a Segurança Social e aumentar o número de utentes para poder ser sustentável. Quem o afirmou foi Manuel Ferreira, presidente da direção, na assembleia geral que aprovou o orçamento para 2015.

A assembleia-geral ficou marcada pela discussão acerca da atual situação financeira da instituição e por questões associadas à sua sustentabilidade. A direção referiu que, apesar dos esforços desenvolvidos, a instituição ainda não é sustentável no seu funcionamento corrente, excluindo destas contas o pagamento mensal do encargo resultante do empréstimo bancário contraído aquando da construção do edifício.
O presidente Manuel Ferreira referiu que o trabalho da instituição passará por aumentar o número de utentes e rever em alta os acordos de cooperação celebrados com a segurança social.
O orçamento para 2015 prevê uma movimentação de 400 mil euros entre gastos e rendimentos.
(leia mais nas edições e-paper e impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top