Autarcas da CIRA arguidos em processo pelo apoio ao Beira Mar

Os atuais presidentes de Câmara Ribau Esteves (Ílhavo, também presidente da CIRA), Gil Nadais (Águeda), José Agostinho Pereira (Albergaria-a-Velha), José Eduardo Matos (Estarreja), Rui Cruz (Vagos), Manuel Oliveira (Ovar), Joaquim Batista (Murtosa), Mário Oliveira (Oliveira do Bairro) e Manuel Soares (Sever do Vouga), os vereadores Carlos Santos e Pedro Ferreira (Aveiro), Jorge Sampaio (Anadia) e Silvério Regalado (Vagos) e o ex-presidente da Câmara da Murtosa, Santos Sousa, que é o atual diretor da Segurança Social de Aveiro, são os 14 autarcas da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) que foram constituídos arguidos por terem aprovado apoios financeiros ao Sport Clube Beira-Mar.

Todos eles incorrem em penas de prisão, multa e perda de mandato, indiciados por crimes de prevaricação, abuso de poder e violação de normas de execução orçamental.

Os 14 autarcas em questão participaram na deliberação de apoios financeiros concedidos ao Beira Mar, apoios esses que terão entrado na SAD do clube. O Ministério Público considera que os apoios violaram a proibição de financiar o futebol profissional, enquanto Ribau Esteves, presidente da CIRA, assegura que os protocolos estabelecidos com o Beira Mar não se enquandram na legislação que proibe tais apoios.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS VERSÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top