BE critica não adesão da CIRA e autárquicas aos passes sociais

BE estação ferroviária águeda 1

Uma pessoa paga atualmente por um passe mensal para fazer a viagem entre Sernada e Aveiro 84 euros, mas com os novos passes sociais pagaria apenas 40 euros

O alerta é de Nelson Peralta, do Bloco de Esquerda (BE), que veio a Águeda criticar a não adesão da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) e das autarquias da região ao programa de apoio à redução do tarifário dos transportes públicos.
O BE escolheu a estação ferroviária de Águeda, que exibe sinais claros de abandono e de falta de condições para quem lá tem de aguardar a chegada da automotora, para dar uma conferência de imprensa, acusando a CIRA e as autarquias da região de falta de desinteresse ao não criarem condições para implementarem uma “medida essencial para o país”, disse Nelson Peralta. Uma medida que, de acordo com o bloquista, promovia a adesão de mais pessoas aos transportes públicos, tiraria carros da rua e melhoraria o ambiente, equilibraria a balança financeira e ajudaria a economia das famílias.
Nelson Peralta, acompanhado do deputado do BE Moisés Ferreira e de outros elementos da estrutura do partido, criticou ainda a falta de investimento nos transportes públicos e na melhoria de condições da Linha do Vouga.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top