Carla Tavares questiona ministra sobre posto da GNR de Arrancada

Carla Tavares

A deputada aguedense Carla Tavares, na audição da ministra da Administração Interna, no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento de Estado para 2016, lembrou a “precária” situação em que se encontra o posto da GNR de Arrancada do Vouga

Além do posto de Arrancada do Vouga, Carla Tavares referiu ainda os postos de Cesar e Cucujães, no concelho de Oliveira de Azeméis. “Os postos da GNR não só não possuem as mínimas condições de salubridade e funcionamento, como as que ainda possuem se devem essencialmente a intervenções pontuais levadas a cabo pelos próprios militares que aí prestam os seus serviços”, frisou a deputada socialista.
Salientando que do Orçamento de Estado para 2016 consta a previsão de uma verba de cerca de 11,172 milhões de euros para investimento em infraestruturas da GNR, a deputada questionou a ministra Constança Urbano de Sousa se está a ser feito pelo Ministério da Administração Interna (MAI) algum levantamento “das principais e mais urgentes necessidades de intervenção, ou já em curso a elaboração de algum plano de intervenção em infraestruturas, designadamente nos postos da GNR que referi”.
Carla Tavares lembrou ainda que na legislatura anterior foram celebrados protocolos para a construção de esquadras e quartéis das forças de segurança, sem que para tal houvesse previsão orçamental. “Foram criadas expectativas junto das autarquias e junto das populações”, considerou.
(leia mais na edição da semana – versões e-paper e impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top