Notícias: Destaques

Águeda, vista aérea

A força da indústria transformadora em Águeda

A força da indústria transformadora em Águeda

Em Águeda, mais de metade do pessoal ao serviço da atividade económica está a trabalhar na indústria transformadora. Neste setor, que é o que mais gente emprega entre os 11 municípios da CIRA, Águeda representa um quinto dos 50 mil trabalhadores da Região de Aveiro. Os dados, referentes a 2016, são da Pordata

Câmara Municipal de Águeda

Metade das receitas do município de Águeda depende do Estado e da Europa

Precisamente metade das receitas da Câmara Municipal de Águeda em 2017 – último ano em que são conhecidos dados oficiais – dependeu de transferências correntes e de capital, provenientes da administração central e de programas de financiamento europeu. Os dados da Pordata são confirmados pelo relatório de gestão do município

Águeda

Cada aguedense paga 109,4 euros de IMI por ano

A receita “per capita” obtida pela Câmara de Águeda com o IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis – tem vindo a aumentar na última década, tendo-se situado nos 109,4 euros em 2017. Na Região de Aveiro, esse valor é mais baixo em Sever do Vouga (81,5) e mais elevado em Aveiro (251,4).

Águeda, vista aérea

159 projetos de 55,8 milhões aprovados para Águeda

Município, escolas, associações e empresas do concelho de Águeda vão ser comparticipados em 33 milhões e 633.642 euros pelo programa CENTRO 2020, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro, para investimentos de 55,8 milhões de euros. Foram 159 os projetos aprovados, na esmagadora maioria para empresas

Nova lei orgânica da proteção civil dominou discursos nos 84 anos dos Bombeiros Voluntários de Águeda (Foto: JA Reportagens)

Os números dos Bombeiros de Águeda

“As mulheres e os homens com quem trabalhamos dia após dia, os nossos colaboradores, são um dos principais pilares da nossa instituição, mas também são eles a garantia de uma maior e melhor proteção e defesa das pessoas e dos bens do nosso concelho”, referiu Manuel São Bento, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários

Nova lei orgânica da proteção civil dominou discursos nos 84 anos dos Bombeiros Voluntários de Águeda (Foto: JA Reportagens)

Bombeiros contra nova lei orgânica da proteção civil

A proposta de lei orgânica para a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), que vai passar a chamar-se Autoridade Nacional de Emergências e Proteção Civil, dominou as intervenções no jantar de aniversário e simultaneamente de Natal dos Bombeiros Voluntários de Águeda. E todos se manifestaram contrários à forma como o Governo tem gerido o processo

Top