Notícias: Entrevistas

Olavo Abrantes e Miguel Felisberto: dois jovens de Águeda em missão humanitária no deserto de Marrocos

Jovens de Águeda falam da sua experiência humanitária no deserto de Marrocos

Jovens de Águeda falam da sua experiência humanitária no deserto de Marrocos

Dois jovens de Águeda – Olavo Abrantes (Oronhe) e Miguel Felisberto (Assequins) – contam-nos a aventura solidária que realizaram, em fevereiro, para distribuir material escolar e didático por crianças de escolas de aldeias em Marrocos. “A reação das crianças foi o que mais nos impressionou”, revelam os jovens estudantes da Universidade de Aveiro.

p Nélson Leal enalteceu trabalho dos fundadores

“Extensão da AMAR é essencial para a sua sobrevivência” – Nelson Leal

“A extensão da AMAR é, não só importante, mas essencial para a sua sobrevivência”, diz o presidente da direção da instituição, Nelson Leal, sublinhando que “o peso das despesas com pessoal, agora acrescido com as novas tabelas remuneratórias, as baixas comparticipações sociais da Segurança Social e os baixos preços praticados aos utentes, exigem uma dimensão

Estação de Macinhata do Vouga, na linha do Vouga

Degradação e abandono “convidam” a não utilizar a Linha do Vouga

A comissão de utentes da Linha do Vouga lançou, no sábado, no apeadeiro da Aguieira, uma petição pela requalificação e modernização da linha do Vale do Vouga, que pode também ser subscrita on line. Vitor Januário, porta-voz da comissão, em entrevista ao Região de Águeda, explica que, com a iniciativa, se “pretende que a Assembleia

Inês Moreira, maestrina do Orfeão do Paraíso Social

“O meu objetivo é fomentar o crescimento da cultura” – Inês Moreira (Paraíso Social)

Inês Moreira é maestrina do Orfeão do Paraíso Social de Aguada de Baixo. Em entrevista ao Região de Águeda, fala do seu percurso e do seu trabalho à frente do grupo. Diz que fazem falta “elementos com menos experiência de vida” e que projetos como o Orfeão são importantes para “tirar as pessoas das suas

Orfeão De Barrô

Sérgio Brito: do Orfeão de Barrô ao envolvimento dos barroenses

Sérgio Brito completa 15 anos de direção artística do Orfeão de Barrô que, por sua vez, completa 18 anos em junho. Em entrevista ao RA, o maestro diz que o grupo é constituído maioritariamente por pessoas de freguesias limítrofes e dos concelhos vizinhos e lamenta a ausência dos Barroenses nas suas associações.

ESTGA - vista aérea

Transportes precários e falta de alojamento preocupam alunos da ESTGA

Recuperar o FESTUNAG, o Festival de Tunas da cidade de Águeda, que já não é realizado há seis anos, e reativar a TUNAG, a Tuna Universitária da Cidade de Águeda, são alguns dos objetivos da nova coordenadora do Núcleo Associativo de Estudantes da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda (NAE-ESTGA), Lara Miranda, que,

Marco Costa, diretor da ESTGA

ESTGA: novo edifício, novos cursos e derrube de muros

Marco Costa, diretor da ESTGA, em entrevista ao Região de Águeda, anuncia intervenções no campus, nomeadamente ao nível dos muros, para o tornar uma continuidade da própria zona envolvente e da cidade. Fala ainda dos constrangimentos do espaço e da alta ocupação das instalações, anunciando ainda que faz parte da estratégia da atual direção o

Braz da Costa durante a sua participação na iniciativa "EntreTanto"

“As memórias que guardo de Águeda e da minha infância e juventude são maravilhosas” – Braz da Costa

O aguedense António Brás Costa, filho de uma das figuras mais emblemáticas de Águeda, o poeta popular “Braz dos Kiwis”, tem dedicado a sua vida à inovação, investigação e desenvolvimento tecnológico. Voltou em janeiro à cidade para participar na terceira sessão do “entreTanto”. Em entrevista ao Região de Águeda, fala do seu percurso, traça o

Top