Notícias: Águeda

Águeda, vista aérea

A força da indústria transformadora em Águeda

A força da indústria transformadora em Águeda

Em Águeda, mais de metade do pessoal ao serviço da atividade económica está a trabalhar na indústria transformadora. Neste setor, que é o que mais gente emprega entre os 11 municípios da CIRA, Águeda representa um quinto dos 50 mil trabalhadores da Região de Aveiro. Os dados, referentes a 2016, são da Pordata

Câmara Municipal de Águeda

Metade das receitas do município de Águeda depende do Estado e da Europa

Precisamente metade das receitas da Câmara Municipal de Águeda em 2017 – último ano em que são conhecidos dados oficiais – dependeu de transferências correntes e de capital, provenientes da administração central e de programas de financiamento europeu. Os dados da Pordata são confirmados pelo relatório de gestão do município

Águeda

Cada aguedense paga 109,4 euros de IMI por ano

A receita “per capita” obtida pela Câmara de Águeda com o IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis – tem vindo a aumentar na última década, tendo-se situado nos 109,4 euros em 2017. Na Região de Aveiro, esse valor é mais baixo em Sever do Vouga (81,5) e mais elevado em Aveiro (251,4).

Águeda, vista aérea

159 projetos de 55,8 milhões aprovados para Águeda

Município, escolas, associações e empresas do concelho de Águeda vão ser comparticipados em 33 milhões e 633.642 euros pelo programa CENTRO 2020, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro, para investimentos de 55,8 milhões de euros. Foram 159 os projetos aprovados, na esmagadora maioria para empresas

Câmara de Águeda

Transferência de competências para Águeda

A Assembleia Municipal de Águeda aprovou, em sessão extraordinária de quarta-feira, dia 30, a proposta do executivo municipal de apenas aceitar este ano a transferência de competências nas áreas das estradas, estruturas de atendimento e estacionamento público, recusando assumir para já a gestão das praias fluviais, exploração de jogos, justiça, equipas de intervenção permanente dos

O Orfeão de Águeda e o Grupo Coral Curitibôcas, de Curitiba

“O Orfeão de Águeda conseguiu crescer por apostar na diferença”

Sílvia Laranjeira Martins foi, recentemente, eleita presidente da direção do Orfeão de Águeda, substituindo Júlio Balreira no cargo. Em entrevista ao RA, fala da sua ligação a esta coletividade centenária e diz que pretende dar “continuidade ao trabalho que o Orfeão tem vindo a desenvolver e continuar sempre a surpreender”

Top