Notícias: Opinião

Encanar.a.perna.à.rã@Águeda.pt , por Alberto Marques (*)

Encanar a perna à rã – “Não fazer nada; atrasar; não resolver; demorar; empatar; não dar andamento; fingir que se trabalha; mandriar”.   Recordei-me desta expressão na semana passada, quando foi oportunamente utilizada por um amigo, a propósito da atitude do Grupo Municipal do Partido Socialista na última sessão da Assembleia Municipal de Águeda. A

As.árvores.também.se.abatem@Águeda.pt , por Alberto Marques (*)

Este fim-de-semana, perante o inenarrável e injustificável abate das árvores da Avenida Dr. Eugénio Ribeiro, em Águeda, e após algumas dezenas de “posts” e comentários indignados de vários aguedenses, fui (eu e muitos opinantes nas redes sociais), acusado de “ignorância”, “má fé populista”, “incompetência”, e outros mimos do género (alguns bastante mais graves, mas “apenas”

Nomeações@Águeda.pt , por Alberto Marques (*)

Tenho assistido, com alguma incredulidade, ao alarme social promovido pelos partidos da oposição, com o apoio tácito de alguma comunicação social ávida de “sangue” mediático, relativamente à alegada “avalanche” de nomeações para cargos públicos efectuadas pelo actual Governo. Os jornais e televisões relatam as imensas nomeações de boys e girls do PSD e CDS para

Governo “mata” Governo …! , por José Marques Vidal (*)

No meio de medidas de austeridade avulsas, mas contínuas, o povo  vai -se acomodando no reconhecimento de que algo está mal que é preciso alterar, mas toma também conhecimento que este Governo nascido da “troica”, com um discurso dito de rigor, com um falar “verdade !?” afirmado vezes sem conta, não passa de mais um

Linha do Vouga , por António Martins (*)

Ao fim de mais de cem anos questiona-se agora o encerramento (?) da Linha do Vouga. Não sendo a primeira vez que tal acontece, porque já por outras vezes o encerramento da circulação esteve equacionado, é no entanto, agora, o desfecho do que parece ser a visão estratégica do governo relativamente ao desenvolvimento dos transportes

Prémios.escolares@Águeda.pt , por Alberto Marques (*)

Discordo absolutamente da decisão do Ministério da Educação de cancelar a entrega dos prémios aos melhores alunos do ensino secundário, poucos dias antes das respectivas cerimónias. Em sentido contrário ao que Ministro Nuno Crato tem vindo a defender, dá-se, de uma penada só, uma machadada no reconhecimento do mérito, e na credibilidade do Estado como

Top