Ciclismo: Abertura da época nas estradas da região

ciclismo em Águeda

A prova de abertura Região de Aveiro/Trofeu Liberty Seguros, no próximo domingo, marca o início oficial da época do ciclismo de estrada em Portugal, sendo reservada a ciclistas de elite e de sub23 das equipas continentais e de clube. Começa em Oliveira do Bairro (12h15) e termina na Torreira (16h). Tem passagem prevista por Águeda às 13h47 e metas de montanha em Talhadas (14h13) e Sever do Vouga (14h30)

Trajeto da prova CIRA/Liberty Seguros, que marca a abertura da época para o ciclismo de estrada

Percurso da prova Região de Aveiro/Troféu Liberty Seguros, a realizar domingo (4 de fevereiro), que marca a abertura da época para o ciclismo de estrada

Pelo segundo ano consecutivo, a CIRA – Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro – vai fazer passar a prova de abertura de ciclismo de estrada pelos 11 municípios que a constituem. A prova Região de Aveiro/Trofeu Liberty Seguros em ciclismo começa em Oliveira do Bairro (12h15) e termina na praia da Torreira (16h no melhor horário).
A prova passa sucessivamente por Sangalhos e Amoreira da Gândara (município de Anadia) e Palhaça (município de Oliveira do Bairro, 12h53), pelos centros urbanos de Vagos (13h04) e Ílhavo (13h09), por Aveiro (EN109, às 13h18), Águeda (13h47 no melhor horário), Sever do Vouga (14h30), Albergaria-a-Velha (14h55), Estarreja (15h18) e Ovar (15h33), terminando naquela praia do concelho da Murtosa.
Até ao final dos 155,5 kms, os ciclistas terão de enfrentar duas contagens de montanha de segunda categoria, em Talhadas (14h13) e em Sever do Vouga (14h30).

Gráfico de altimetria da prova de abertura  Região de Aveiro/Liberty Seguros

Gráfico de altimetria da prova de abertura Região de Aveiro/Troféu Liberty Seguros

CENTRO DE ÁGUEDA E TALHADAS

Em direção a Águeda, os ciclistas vêm de Aveiro por Eixo e Travassô, entrando pelo lado norte na rotunda junto à antiga Famel (antiga nacional 1). Descem até ao rio, na baixa da cidade, e sobem até às Talhadas pela EN 333. Após esta meta de montanha (km 75,8), descem ao rio Vouga, subindo ao centro de Sever do Vouga (meta de montanha ao km 88,4), descendo novamente pela estrada que encontra a EN16 perto da ponte de Santiago. O abastecimento apeado faz-se junto a Foz, na EN 16 (14h44), entre aquele lugar e Mouquim. A prova de ciclismo passa ainda por Albergaria-a-Velha e Angeja, seguindo por Salreu em direção a Estarreja, Pardilhó e Ovar, antes dos quilómetros finais pela marginal da Ria de Aveiro até à Torreira.

Em 2017, Francisco Campos (Miranda/Mortágua), um ciclista sub23, impôs-se ao sprint aos corredores de elite. No próximo domingo, correrão as nove equipas nacionais que integram o pelotão de ciclismo neste ano de 2018: seis continentais profissionais (W52/FC Porto, Sporting/Tavira, Efapel, Rádio Popular/Boavista, Vito/Feirense/Blackjack e Aviludo/Louletano) e três continentais sub-25 anos (Miranda/ Mortágua, LA Alumínios e Liberty Seguros/Carglass).

(informação publicada na edição da semana – versões e-paper e impressa)
Equipa de ciclismo Miranda/Mortágua, de sub25, para a época 2018

Equipa de ciclismo Miranda/Mortágua, de sub25, para a época 2018

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top