Colégio de Albergaria quer ter muita lata

Colégio de Albergaria

O Colégio de Albergaria vai participar na iniciativa solidária “É Preciso Ter Lata! Canstruction Portugal”, em que várias escolas do país são desafiadas a construírem enormes esculturas feitas com latas de comida (cheias).

As esculturas serão construídas, em março, no Estádio Municipal de Braga e, depois da maratona de construção/exposição, serão desmanteladas e as latas da obra de arte albergariense entregues a IPSS e Grupos Sócio Caritativos do Concelho, uma vez que o objetivo da sua angariação é combater a fome.
A equipa responsável pela escultura do Colégio de Albergaria (que integra professores e alunos) entendeu que seria importante construir algo que fosse representativo do concelho. Um moinho de água foi a primeira escolha, quer pela sua importância enquanto património molinológico do concelho de Albergaria-a-Velha, como pelo facto de estar relacionado com a alimentação – o pão. Assim, esta escultura estará também presente no Festival Pão de Portugal, que se realiza em junho.

CAMPANHA DE RECOLHA NO FIM-DE-SEMANA

Para além da colaboração dos alunos – e atendendo ao elevado número de latas necessárias (1829) para concretizar este projeto – vai decorrer, em parceria com o Banco Local de Voluntariado, uma campanha de angariação de latas no Intermarché de Albergaria-a-Velha nos dias 28 de fevereiro e 1 de março.
Para construir a escultura, serão utilizadas latas específicas, cujos rótulos deverão estar em bom estado de conservação pois são fundamentais para se conseguir o efeito pretendido. As marcas que o Colégio de Albergaria necessita são as seguintes: tomate inteiro pelado Saint Eloi Intermarché (850 ml); atum posta em óleo de girassol Top Budget Intermarché (120 g); e 8 salsichas tipo Frankfurt Top Budget Intermarché (350 g).
Segundo o Colégio de Albergaria, “colaborar nesta campanha de angariação de latas é fundamental para que se possa atingir o objetivo, que ultrapassa as 1829 latas. Sem dúvida que esta é uma iniciativa com objetivos muito nobres: a luta contra a fome, solidariedade e voluntariado”.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top