CPVV: Presidente lamenta reduzida participação de sócios

Tomada de posse na CPVV

Os novos corpos gerentes da Casa do Povo de Valongo do Vouga (CPVV) para o quadriénio 2019/2022, tomaram posse, no decorrer da assembleia geral de quinta-feira, dia 24

Na ocasião, António Portilho, presidente reeleito, foi muito crítico em relação à reduzida participação dos associados na vida da instituição, sublinhando que o desinteresse levou, até, a uma ausência de candidatos para formar os órgãos sociais para as eleições que decorreram em 6 de janeiro. O dirigente sublinhou ainda que a direção agora reeleita só apresentou a sua lista na data limite, para “não deixar que a instituição caísse num vazio directivo”, advertindo os associados para que começassem já a preparar o ato eleitoral que decorrerá daqui a quatro anos.

ELÉTRICA FORNECE ENERGIA A 2500 CLIENTES

Na sua intervenção, António Portilho destacou algumas das mais importantes valências da instituição, nomeadamente a elétrica, que “garante o fornecimento de energia eléctrica a mais de 2500 clientes” e que regista um volume de negócio só na compra de 1 milhão de euros e apresenta um balanço muito acima dos três milhões de euros. Já a área social, tem, segundo Portilho, “um peso extraordinário no quotidiano da Casa do Povo, por onde passam diariamente mais de 470 crianças e jovens”.
Filipe Falcão, presidente da Junta de Freguesia de Valongo do Vouga e presidente do conselho fiscal da Casa do Povo de Valongo do Vouga, elogiou o trabalho da direcção cessante, expressando os votos de sucesso para os membros empossados.
Jorge Almeida, presidente da Câmara Municipal de Águeda, deu ênfase à crítica de António Portilho acerca da falta de participação dos associados, referindo que era um problema transversal à maioria das associações do concelho.
António Tondela, presidente da Assembleia da Casa do Povo de Valongo do Vouga, encerrou a cerimónia agradecendo a todos os associados, trabalhadores da instituição e convidados presentes, elogiando o trabalho da direcção cessante e felicitado os membros empossados.

Foto em cima: Tomada de posse na Casa do Povo de Valongo do Vouga (CPVV)
Autores

Notícias Relacionadas

*

Top