Crianças de Águeda em estudo de investigação sobre futebol e nutrição

Micaela Morgado com os parceiros do projeto

“Se antes havia problemas de saúde resultantes da escassez de alimentos e de doenças transmissíveis, agora há novos fatores de risco associados ao excesso de peso e à inatividade física”, assim justificou Micaela Morgado o projeto “Futebol e Nutrição”, apresentado na sexta-feira no salão nobre da Câmara Municipal de Águeda

A nutricionista desenvolve o projeto inserido no programa de doutoramento em atividade física e saúde da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. Tem como orientador o professor André Seabra, que também integra o grupo de investigação da Federação Portuguesa de Futebol, e a colaboração de Mónica Sousa e André Coelho.
O projeto envolve a participação de crianças dos 6 aos 10 anos, do primeiro ciclo do ensino básico, de escolas do Agrupamento de Escolas de Águeda Sul e das atividades de tempos livres do Centro Social e Paroquial de Recardães e da Bela Vista. Tem como agentes intervenientes Luísa Teixeira, Carlos Mira, Nelly Santos, Cláudio Santos e Ana Jesus.

(informação completa na edição da semana de 27 de novembro)
Foto em cima. Micaela Morgado com os parceiros do projeto
Autores

*

Top