Danças Ocultas celebram 30 anos de criatividade musical

1

O CAA – Centro de Artes de Águeda foi o palco que o quarteto Danças Ocultas escolheu para o concerto comemorativo dos 30 anos de carreira artística.

A noite do passado sábado foi dedicada a este grupo de quatro amigos que há três décadas atrás se apresentavam pela primeira vez em público, no Teatro Aveirense, em Aveiro, por ocasião de uma semana estudantil. Foi precisamente a 25 de Maio de 1989 e nessa ocasião adotavam o nome de “Quarteto de Concertinas de Águeda”.
O concerto do passado sábado não se limitou a ser apenas o aniversário de carreira de um grupo musical, foi também o festejo coletivo, no qual o público que encheu o CAA aplaudiu generosamente a criatividade, a competência e o virtuosismo destes quatro aguedenses que, nestes 30 anos, tiveram a coragem e a irreverência de sonhar que podiam pegar numa concertina, instrumento até aí associado apenas ao folclore tradicional e fazer, para ela e com ela, novas músicas para o mundo.

 

Créditos da Fotografia: Mário Abreu
Autores

Notícias Relacionadas

*

Top