“Deixem-nos trabalhar!” pede a AEA ao Ministério das Finanças

A Associação Empresarial de Águeda (AEA), “em representação das empresas associadas”, protestou junto da nova ministra das Finanças “pelas sucessivas comunicações e constantes pedidos de esclarecimento solicitados pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), na sequência da obrigatoriedade mensal de comunicação das faturas emitidas”.

Na missiva, a associação presidida por Ricardo Abrantes, solicitou “que se termine com estes pedidos de esclarecimento da AT, descabidos e inapropriados, porque os contribuintes podem deduzir o IVA de faturas relativas períodos diferentes ao da declaração periódica e já são massacrados mensalmente com as comunicações das faturas e dos documentos de transporte”.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS EDIÇÕES E-PAPER E IMPRESSA)

 

 

 

 

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top