Dezenas de jovens de oito países europeus em Águeda

Os jovens de oito países foram recebidos na Câmara Municipal de Águeda

Além de Portugal, estão presentes, durante esta semana, em Águeda, três dezenas de jovens de sete países europeus a aprender boas práticas na área da juventude

O Centro de Juventude de Águeda está a promover, durante esta semana, duas atividades paralelas que pretendem dar a conhecer as boas práticas preconizadas pelo município na área da juventude no concelho e formar técnicos de vários países. Uma é um seminário que decorre desde segunda-feira e até à próxima sexta-feira e a outra é um training course que se prolonga até sábado e que envolvem cerca de três dezenas de jovens de oito países europeus.
O grupo esteve reunido no salão nobre do Município de Águeda, onde foi recebido pela vereadora da juventude Elsa Corga e por Pedro Alves, chefe de divisão do desenvolvimento local. Foram apresentados projetos que a Câmara Municipal de Águeda tem em curso nesta área, nomeadamente as bolsas de estudo, prémios escolares e programas de redução de abandono escolar; o AgitÁgueda, Talentos AgitÁgueda, a InCA (residências artísticas), a Biblioteca Municipal Manuel Alegre e o Centro de Artes de Águeda; o Águeda Living Lab e a incubadora de empresas; ou ainda o desporto escolar, desporto adaptado, sem esquecer o Centro Municipal de Marcha e Corrida e o Centro de Juventude.
“Estas iniciativas visam, sobretudo, a troca de experiências e dar a conhecer o concelho e as nossas dinâmicas. Estamos também muito curiosos para aprender com todos e com as experiências que têm nesta área da juventude”, disse Elsa Corga, que expressou a alegria por receber estes jovens, desejando ainda que, depois desta presença, tenham vontade em regressar.

PLANO MUNICIPAL DE JUVENTUDE

Ana Moutas, coordenadora do Centro de Juventude, apresentou o ponto de situação do Plano Municipal de Juventude de Águeda que a autarquia está a elaborar e que está, neste momento, em fase de análise e processamento de dados dos questionários realizados a dois grupos etários (13 a 18 anos e 18 a 30 anos), onde foram auscultadas as opiniões dos jovens quanto a políticas de juventude.
Refira-se que estão, até sábado, em Águeda, três dezenas de jovens de oito países (Eslovénia, Espanha, Grécia, Itália, Lituânia, Macedónia, Polónia e Portugal), sendo que no seminário estão formadores de seis ex-capitais europeias de juventude (Salónica, Maribor, Cluj Napoka, Braga, Cascais e Turim) e no training course participam jovens de cinco ex-capitais da juventude (as referidas, exceto Turim). Neste último, pretende-se definir uma metodologia de diagnóstico comum a nível europeu em matéria de juventude.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top