d’Orfeu multiplica parcerias

d'Orfeu - Associação Cultural

A d’Orfeu Associação Cultural foi convidada como parceira de programação dos festivais Andanças e Bons Sons, que decorreram, respetivamente, de 3 a 9 de agosto, na Barragem de Póvoa e Meadas (Castelo de Vide) e de 13 a 16 de agosto em Cem Soldos (Tomar). Enquanto lança alguns nomes nestes palcos de Verão privilegiados, a 19ª edição do OuTonalidades está a ser preparada

O Andanças cumpre 20 edições este ano. O contributo da d’Orfeu incidiu fundamentalmente na área de programação das danças e músicas do mundo, onde se destaca o concerto de Yacine & The Oriental Groove, projeto liderado pelo catalão-argentino Yacine acompanhado pelo laudista grego Yannis Papaioanou, considerado o Jimi Hendrix do alaúde elétrico (sendo um dos projectos da bolsa OuTonalidades 2015), mas também o baile swing de Stomping at Six, os concertos e rodas do Samba Sem Fronteiras, o baile lusofónico de Gurí, danças urbanas com Light Roots, dança oriental com Elsa Shams, percussão e danças brasileiras com a Arte Pura Capoeira, ou o Forró Universitário Pablo Dias, entre outros projetos.
Para além do apoio à programação, a d’Orfeu marcou ainda presença no Andanças 2015 com a produção técnica de um dos palcos a seu cargo, além da apresentação de duas criações próprias: “Muito Riso, Muito Riso” no dia 4 de agosto e “Reportório Osório” nos dias 6 e 8 de agosto.

CEM SOLDOS E A MÚSICA PORTUGUESA

Nesta última semana, a d’Orfeu deu o nome OuTonalidades a um dos palcos do Festival Bons Sons para ali apresentar quatro dos 100 projetos que integram a bolsa de grupos deste ano do “OuTonalidades – circuito português de música ao vivo”: Penicos de Prata (13 agosto), Minta & The Brook Trout (14 agosto), Edu Miranda Trio (15 agosto), Daniel Pereira Cristo – Cordofonias (16 agosto). O Festival Bons Sons decorreu de 13 a 16 de Agosto em Cem Soldos, Tomar, aldeia que caminha para ser a nova capital da música portuguesa, dado ser um local privilegiado para o encontro de agentes, produtores e media nacionais e estrangeiros que, em poucos dias, podem ficar a conhecer o amplo espectro da produção musical portuguesa da actualidade. É neste contexto que surge esta nova parceria de programação da d’Orfeu, que reinventa continuamente o OuTonalidades, prosseguindo a sua missão de incentivo à circulação da música ao vivo, num trabalho em rede cujas sinergias extravasam o tempo e os espaços do próprio evento.

OUTONALIDADES  2015

Além disto, o OuTonalidades 2015 tem ainda pontes de cooperação internacional com a Fira Mediterrània, Tradicionàrius e L’Oca Rosa (Catalunha, Espanha), Festival Les Traversées Tatihou e Festival Musique sous les Embruns (Normandia, França), Alcanadre (La Rioja, Espanha), Festival Vibra Balboa (Galiza, Espanha) e Artistas en Ruta (toda a Espanha), festivais ou circuitos com os quais estabelece de intercâmbio de grupos.
Entretanto, encontra-se em fase final de programação a 19ª edição do circuito, que decorrerá por todo o país de setembro e dezembro deste ano. A d’Orfeu anunciará em breve o calendário de concertos.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top