Empresários de Águeda fartos de inquéritos obrigatórios

Duas semanas, dois ofícios como o mesmo destinatário. O ministro da Economia, Pires de Lima, recebeu agora da Associação Empresarial de Águeda (AEA) um protesto “acerca dos elevados custos administrativos que o preenchimento de sucessivos inquéritos oficiais origina”. Na semana anterior, foram as burlas de empresas fornecedoras chinesas e clientes de Águeda.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS EDIÇÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top