Enduro: André Martins e Ricardo Wilson ao ataque no nacional em Águeda

Aguedense André Martins pontifica no enduro nacional

Sábado e domingo, numa organização do ACTIB, a quinta prova pontuável para o campeonato nacional de enduro 2019 realiza-se em Águeda. André Martins e Ricardo Wilson, dois pilotos de Águeda que marcam pontos na competição, vão jogar em casa com fortes ambições na classe open

André Martins

André Martins

André Martins, que este ano regressou à competição, lidera a competição, na classe open, com confortável vantagem sobre a concorrência quando faltam duas provas para a conclusão do campeonato. O piloto tem tido um trajeto imaculado ao longo da temporada e tem surpreendido pelo seu rendimento constante em todas as provas que tem competido. Já Ricardo Wilson, que esteve ausente numa das provas do nacional, ocupa o 6º lugar na mesma classe.
Ambos partem para esta prova com a ambição de fazer uma prestação de topo diante do seu público, esperando-se que Águeda volte a encher-se de aficionados, especialmente nos locais reservados às especiais.

MINI-ENDURO NO SÁBADO

O evento, que o ACTIB tem vindo a organizar de forma impecável, terá início no sábado com o arranque competição de mini-enduro, pelas 14 horas.
No Crossódromo Internacional do Casarão decorrerá a prova especial de mini-motocross, seguindo os jovens pilotos para os Abadinhos, onde decorrerá a mini-especial de enduro (junto ao Estádio Municipal de Águeda), retornando depois ao Crossódromo Internacional do Casarão. Os prémios serão entregues junto ao Cais dos Judeus (18h).

ENDURO NO DOMINGO

Ricardo Wilson

Ricardo Wilson

No domingo, inicia-se a prova elegível para o campeonato nacional de enduro, com arranque do primeiro piloto previsto para as 9 horas, a partir da baixa da cidade de Águeda, junto ao largo 1º de Maio.
O traçado consistirá numa “especial de enduro” (no parque dos Abadinhos), seguindo os pilotos em direção ao Crossódromo Internacional do Casarão para a prova “especial de motocross”, e prosseguindo por Belazaima do Chão para voltarem à baixa da cidade e aí completarem o circuito com a prova “especial de exteme” (junto à EN333).
Após o término da corrida serão afixados os resultados, seguindo-se a entrega de prémios (17h) na Praça 1º de Maio (junto ao Cais dos Judeus), onde assentará toda a logística da prova e das equipas.
Esta organização do ACTIB sucede ao mundial de motocross, que decorreu em maio na pista do Casarão. Santo André (3 de fevereiro), Peso da Régua (2 e 3 de março), Figueira da Foz (31 de março) e Lousã (20 de abril) receberam as quatro primeiras provas do nacional de enduro. Depois de Águeda, Marco de Canaveses (12 e 13 de outubro) encerrará a competição.

A prova especial de "enduro extreme" aproveita terrenos junto á praça 1º de Maio, na baixa da cidade

A prova especial de “enduro extreme” aproveita terrenos junto á praça 1º de Maio, na baixa da cidade

A prova especial "enduro test" está marcada para os campos do rio Águeda, junto à cidade

A prova especial “enduro test” está marcada para os campos do rio Águeda, junto à cidade

A prova de cross desenrola-se na pista de motocross

A prova de cross desenrola-se na pista de motocross

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top