Equipa da ESTGA premiada

A equipa de engenharia eletrotécnica da ESTGA conquistou o 1.º prémio nas Jornadas SUPERA 2019 – Maratona de Desenvolvimento de Tecnologias de Apoio e Acessibilidade

Estas jornadas integram uma maratona de desenvolvimento de tecnologias de apoio e acessibilidade que integrou oito desafios diferentes. A ESTGA procurou dar resposta ao desafio lançado pela APELA – Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica do Porto e Lisboa, que visava apoiar pessoas com esclerose lateral amiotrófica com perturbações na fala e na comunicação e cujas limitações motoras impedem a ativação de campainhas convencionais.
De acordo com fonte da ESTGA, o desafio lançado “consistiu em encontrar uma solução para substituir ou permitir a continuidade de uso de uma campainha adaptada de dimensões pequenas, económica e cuja ativação não necessitasse de movimentos provocados por um segmento corporal, fala ou sopro”.
Ainda de acordo com a mesma fonte, a solução avançada pela equipa da ESTGA “baseou-se em sensores biométricos, nomeadamente, no batimento cardíaco e eletromiografia”. “Os sinais destes sensores são usados para detetar duas situações de diferentes prioridades: uma de prioridade alta em que a presença do cuidador é urgente ou uma situação de menor prioridade em que a presença do cuidador não é urgente”, explicou. De acordo com o tipo de situação, a campainha toca com frequências diferentes.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top