Estudo ecológico sobre o Rio Vouga

Ponte de Santiago no Rio Vouga

Um estudo de caracterização ecológica do Rio Vouga vai ser promovido pelo Núcleo Regional de Aveiro da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, a Câmara Municipal de Sever do Vouga e a AdRA – Águas da Região de Aveiro

O projeto conta com a participação do IDAD – Instituto do Ambiente e Desenvolvimento. O Sítio de Importância Comunitária Rio Vouga “é importante para a conservação de espécies piscícolas migradoras ameaçadas” como a lampreia-marinha, o sável e savelha, sendo ainda “um dos poucos locais de ocorrência confirmada” de lampreia-de-riacho.
No rio Vouga e afluentes acorrem ainda “espécies da fauna com elevado valor conservacionista”, entre as quais se destacam a lontra, a salamandra-lusitânica e o lagarto-de-água. Nas margens do rio é possível encontrar uma galeria ripícola “com interesse conservacionista” e troços de habitat classificados pela Diretiva Habitats.
Com este estudo, segundo a Quercus, “pretende-se estabelecer um ponto de situação em relação ao conhecimento atual existente sobre a biodiversidade deste sítio, identificar lacunas de informação potencialmente existentes (propondo e priorizando o trabalho de campo que será necessário desenvolver futuramente), identificar os principais fatores de ameaça e, ainda, propor a implementação de medidas de gestão dos valores naturais presentes neste território”.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top