Formação obrigatória para condutores de tratores

Acidentes com tratores têm crescido em Portugal

A JADRC – Jovens Associados para o Desenvolvimento Regional do Centro -, entidade certificada pela Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT) e pela Direção Regional da Agricultura e Pescas, encontra-se a dinamizar formação para condutores de veículos agrícolas.

Os condutores de veículos agrícolas, nomeadamente os condutores com carta de condução das categorias B, C e D que pretendam conduzir veículos agrícolas na via pública, vêm-se obrigados frequentar formação específica de condução de tratores em segurança.
Através da JADRC, estes cursos decorrem em regime presencial, em todas as áreas de abrangência das delegações espalhadas entre o centro e o norte do país, nomeadamente: Águeda, Aveiro, Castelo Branco, Figueira da Foz, Leiria, Póvoa de Varzim, Seia, Viseu, Guarda, Santarém, Lisboa, Covilhã e Coimbra.

OBRIGATÓRIO DENTRO DE UM ANO

Com o objetivo principal de contrariar a tendência crescente da sinistralidade relacionada com as atividades agrícolas, esta medida, tem caracter de obrigatoriedade a partir do mês de fevereiro de 2021, sendo premente a frequência do Curso “COTS – Conduzir e Operar Tratores em Segurança”.
Neste sentido, a ACT – Autoridade para as Condições do Trabalho, para além de exigir a habilitação legal do código da estrada, impõe que os operadores de tratores sejam detentores de formação específica para o efeito.
Na estatística da sinistralidade com tratores na União Europeia, Portugal ocupa o terceiro lugar, a seguir à Grécia e à Polónia, contabilizando 123 vítimas mortais de acidentes com tratores agrícolas entre 2015 e 2016. Esta é a principal causa de morte no trabalho agrícola a nível nacional, registando-se, segundo dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, 68 vítimas mortais em 2016 e 55 em 2015.
A JADRC tem disponíveis os cursos “conduzir e operar com o trator em segurança (35 horas)”, destinado a agricultores e operadores, e “conduzir e operar com o trator em segurança – técnicos (35H)”, que tem como público todos os técnicos que pretendam ser formadores ou atualizar conhecimentos e competências.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top