Aguada de Cima: Forte adesão popular na romaria

O arco representa um trabalho de perícia e minúcia, este ano com a imagem da padroeira

Verónica Abrantes Pires é a nova juíza das Almas Santas da Areosa e Paulo Correia de Almeida o novo presidente para 2020. Repleta de festa e alegria a romaria de 2019 teve início no último fim-de-semana, com forte adesão popular

Na manhã do último sábado, teve início o programa do evento mais emblemático de Aguada de Cima, com o hastear das bandeiras no recinto da Capela das Almas Santas da Areosa, tornando presente na festa todas as coletividades da freguesia.
Organizados pela Confraria das Almas Santas da Areosa e do Leitão, os grupos de gaiteiros partiram em seguida, em arruada, levando a toda a freguesia a notícia do início das festividades na Capela das Almas Santas.

PADROEIRA NO ARCO

Contudo, o sábado do foi marcado pela tradição do erguer do arco. Como sempre acontece, a secção cultural da LAAC tomou a seu cargo a execução desta estrutura, que todos os anos muda o seu desenho, e que representa um dos símbolos que marca toda a festa. O trabalho de perícia e minúcia revela, este ano, a imagem da padroeira de Aguada de Cima, Santa Eulália, através do habitual arranjo feito com flores do campo.
O arco foi depois erguido defronte da Capela, com a animação musical dos grupos de gaiteiros e na presença largas centenas de populares.
No Domingo da Divina Misericórdia, cumpre-se a tradição da Romaria. Muitas centenas de pessoas seguiram em procissão desde a Igreja Matriz até à Capela das Almas Santas da Areosa, transportando os andores que se guardam neste templo da segunda metade do século XVIII até ao final da festa. Para além da participação de todas as habituais entidades e representantes, este ano o cortejo contou com a presença da Banda Nova de Fermentelos e da Orquestra Filarmónica 12 de Abril.

CAPELA RICAMENTE ORNAMENTADA

A Capela das Almas Santas foi também aberta apenas neste dia para revelar à população o seu interior ricamente ornamentado. A decoração floral deste ano é marcada pela cor viva dos cravos, e preenchida pelo tradicional perfume do rosmaninho, alecrim e outras aromáticas que cobrem todo o chão, sendo motivo de orgulho para a juíza Cristiana Abrantes Gomes e de grande satisfação para todos os seus visitantes.
Na tarde e noite subiram ao palco as duas bandas convidadas, que tocaram o seu vasto repertório perante uma das maiores assistências de sempre neste recinto.
No próximo domingo será passado o testemunho dos atuais presidente e juíza dos festejos, respetivamente Williams Marques Quintinha e Cristiana Abrantes Gomes, aos seus sucessores, Paulo Correia de Almeida e Verónica Abrantes Pires.

JOAQUIM MIGUEL ALMEIDA
(leia mais na edição da semana – versões e-paper e impressa)
Autores

Notícias Relacionadas

*

Top