Francisco Vitorino e as bandas filarmónicas: “Escolas de saber ser e de saber estar”

Francisco Vitorino, novo presidente da Assembleia Municipal, estreou-se em representação do órgão autárquico, no aniversário da Banda Marcial. Precisamente na instituição em que Celestino Almeida, que substituiu no cargo autárquico, é o presidente da assembleia geral.

“Águeda é um concelho ímpar, de igual dimensão não haverá muitos com esta riqueza cultural e associativa”, considerou, para acrescentar que “as bandas de música são autênticas escolas de saber ser e de saber estar”. Para Vitorino, “os alunos das escolas de música distinguem-se dos outros pelo seu comportamento”, pelo que “o serviço público que prestam tem de ser reconhecido pelos organismos”.

“São escolas de associativismo e de paixão à causa”, rematou.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS VERSÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top