Geminação com Rio Grande afetiva mas pouco comercial

Geminação de Águeda com Rio Grande assinalou 25 anos

A distância que separa Águeda e Rio Grande bem como as barreiras comerciais impostas pelo Brasil, como medida protetora do seu mercado interno, podem justificar que, ao fim de 25 anos de geminação entre as duas cidades, não se tenham dado passos nas relações comerciais entre empresas

Rio Grande comemorou recentemente os 25 anos da geminação com Águeda, convidando a autarquia de Águeda e a Assembleia Municipal a marcar presença, o que levou Jorge Almeida e Brito Salvador àquele estado brasileiro, tendo lá permanecido entre os dias 6 e 13 de novembro, aproveitando a deslocação para passarem ainda pela FESTURIS 2018, em Gramado, feira de turismo onde esteve presente o município e a Rota da Bairrada.

(informação completa na edição da semana – versões e-paper e impressa)
Autores

Notícias Relacionadas

*

Top