Instalações e falta de apoios preocupam Banda Nova de Fermentelos

Banda Nova de Fermentelos festejou 94 anos

Aurélio Carvalho, presidente da direção da Associação Cultural e Recreativa Banda Nova de Fermentelos, manifestou-se preocupado com a “falta de apoios do Estado” às coletividades e com a “falta de licenciamento das instalações” da banda, na comemoração dos 94 anos da instituição

O salão da Banda Nova de Fermentelos encheu uma vez mais na comemoração dos 94 anos da instituiçãoa, no sábado, dia 21. A oportunidade foi aproveitada por Aurélio Carvalho para dar nota de algumas das suas preocupações, falando na “insuficiência dos apoios às coletividades por parte do Estado português”, apesar de “publicamente ser relembrado o papel primordial das coletividades na promoção dos valores de cidadania e de coesão social”.
O presidente da direção da Banda Nova de Fermentelos manifestou-se ainda preocupado com o rumo que diz já ser possível antever em termos legislativos, no que diz respeito à concessão de apoios às coletividades. “Tudo aponta para que, no prazo máximo de dois anos, deixem de ser concedidos apoios oficiais às coletividades que não tenham as suas instalações devidamente licenciadas”, sublinhou Aurélio Carvalho, acrescentando que “temos vindo a trabalhar no sentido de identificar e ultrapassar as inconformidades existentes”, mas, para isso, “serão necessários apoios financeiros bem generosos”.

(leia reportagem completa nas edições e-paper e impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top