Jovem debatem insucesso escolar

O insucesso escolar foi o tema dominante da sessão extraordinária da Assembleia Municipal Jovem (AMJ) teve lugar no Salão Nobre da Câmara Municipal de Águeda, presidida pelo presidente da Assembleia Municipal de Águeda, Francisco Vitorino

João Agnelo Rodrigues e Andreia Cunha, em substituição de João Vidal e Margarida Nolasco, secretariaram o presidente durante a sessão, que se iniciou com a tomada de posse dos novos membros, seguida do debate sobre o insucesso escolar e as baixas qualificações no concelho de Águeda.
O resultado deste debate será dado a conhecer à Assembleia Municipal de Águeda, dado que “os temas conduziram a questões prementes sobre a futura empregabilidade dos jovens estudantes, pretendendo-se fazer deste modo a ligação entre as escolas e as empresas sediadas no concelho de Águeda”.
A AMJ é uma iniciativa da autarquia aguedense. Surgiu com o intuito de “criar espaços de reflexão onde os jovens pudessem expor as suas ideias para o presente e para o futuro do seu concelho”. Foi implementada no ano letivo de 2015/2016, tendo sido realizada a primeira sessão a 1 de junho de 2016.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top