Jovens rebeldes tema de seminário

O Região de Águeda tem acompanhado o trabalho desenvolvido com crianças e jovens em risco, testemunhando casos

Jovens rebeldes estão no centro do seminário anual da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Águeda (CPCJ), marcado para dia 7 de setembro. “Jovens rebeldes “em evolução”… o que fazer? quais as respostas mais adequadas?” é o tema da iniciativa para 2016.

O seminário decorrerá a partir das 9 horas, na Escola Secundária Marques de Castilho. O programa é o seguinte:
9 / 9h30 – Sessão de abertura com a participação do vice-presidente da Câmara de Águeda, Jorge Almeida; presidente da CPCJ de Águeda, Rui Branco e diretor do Agrupamento de Escolas de Águeda Sul, Francisco Vitorino.
9h30 /11h – “Os jovens com alterações do comportamento”, por Paula Vagos.
11h15 / 13h – “Os jovens com alterações do comportamento. As respostas em Águeda – Espaço de debate moderadora pela educadora Isabel Santiago, com a participação de representantes da CRI de Aveiro, Câmara Municipal Águeda, Projeto Jovem, CAFAP – Bela Vista, Ministério da Saúde (pedopsiquiatria), GNR e Ministério Público.
13 / 14h – intervalo para almoço.
14 / 15h30 – Violência Interpares – NIAVE. Respostas às vítimas de violência – NAVVD
15h45 / 17h15 – Violência e respostas existentes – Espaço de debate moderado por Cristina Claro, com a participação de representantes do Projeto “Escutar Silêncios” (ACeS Baixo Vouga – CSA) / Projeto prevenção violência ao cidadão portador de deficiência (CERCIAG).
17h30 – Sessão de encerramento com o presidente da Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco, Armando Leandro e com o presidente da CPCJ de Águeda, Rui Branco.
A participação é gratuita mas as inscrições são obrigatórias, podendo ser feitas através do endereço de Email cpcjagueda@gmail.com, ou pelos telefones 234 180112 e 961954492.

Foto em cima: O Região de Águeda tem acompanhado o trabalho desenvolvido com crianças e jovens em risco, testemunhando casos

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top