Mais de 500 horas de formação nos Bombeiros de Águeda

bombeiros Estagiários

Os Bombeiros Voluntários de Águeda realizaram mais de 500 horas de formação, em diversas áreas, durante o primeiro trimestre de 2019.

De acordo com o comandante da corporação, Francisco Santos, a área com maior enfoque foi a emergência pré-hospitalar, com a formação de 11 novos tripulantes de ambulância de socorro (TAS) e a recertificação de dois tripulantes de ambulância de socorro (TAS) e 12 tripulantes de ambulância de transporte (TAT) e ainda a formação de 24 tripulantes de ambulância de transporte (TAT).
A juntar a estes números, de destacar ainda a formação de 11 novos estagiários, que foram promovidos a bombeiro de 3ª classe no mês de março e a formação de três operacionais de queima no centro de formação especializado em incêndios florestais da Lousã (Escola Nacional de Bombeiros) e a participação no campeonato regional de trauma, que se realizou na Azambuja.
Neste primeiro trimestre, os bombeiros de Águeda realizaram ainda um simulacro conjunto com o corpo de bombeiros de Albergaria-a-Velha, na temática de acidente multivitimas.
Entretanto, durante a última semana de abril, 10 elementos do corpo de Bombeiros deslocar-se-ão ao centro de formação da SEGANOSA, em Espanha, para frequentar o curso de flashover e soluções de intervenção em interiores, “componentes essenciais na área de combate a incêndios urbanos e industriais”, frisa o comandante.
Neste mês de abril, o quartel dos Bombeiros de Águeda recebeu a visita de várias instituições pré-escolares do concelho, que fizeram uma entrega simbólica de garrafas de água, pelo lema “Uma gota pela Floresta”.
“A formação é um dos principais objetivos da direção e do comando para uma melhoria contínua do serviço prestado à população”, observou o comandante Francisco Santos.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top