Ministro questionado sobre via rápida Águeda/Aveiro

Estrada Águeda / Aveiro

As afirmações do presidente da Estradas de Portugal/REFER, António Ramalho, relativamente à construção de uma via rápida Águeda/Aveiro levou o deputado Filipe Neto Brandão (PS) a questionar o ministro da Economia, Pires de Lima, sobre qual é a reação do Governo e as instruções que irá transmitir à EP/REFER sobre a matéria

A intervenção de Filipe Neto Brandão, na quinta-feira, surgiu na sequência de afirmações proferidas pelo presidente da Estradas de Portugal/REFER, António Ramalho, que afastou a possibilidade de construção da via rápida dizendo que as duas cidades já estão ligadas por duas autoestradas (A1 e A25).
O deputado, eleito por Aveiro, recordou que “a construção de um eixo rodoviário entre Aveiro e Águeda é reclamada pelas respetivas populações há já várias décadas” e que “no ano de 2008 a importância da construção de uma tal ligação foi finalmente reconhecida pela administração central, tendo sido prevista e integrada na concessão rodoviária «Auto Estradas do Centro», com uma extensão de 14 quilómetros e a designação de ligação do IC2 a Aveiro”.
De acordo com Filipe Neto Brandão, “apesar das vicissitudes várias que o concurso veio a sofrer e que viriam inclusive a conduzir à sua anulação e adiamento, até hoje, porém, a importância da ligação rodoviária, em si, jamais fora contestada”.
O deputado considerou “displicente” as declarações de António Ramalho, reveladoras de um “completo desconhecimento da realidade da região e dos objetivos que eram e continuam a ser visados com a construção dessa ligação: proporcionar uma ligação transversal de qualidade entre Aveiro e Águeda e os principais eixos longitudinais (A17, A1 e IC2), estimando-se uma diminuição de 53% no tempo médio de percurso entre as duas cidades”.

A principal ligação viária entre Águeda e Aveiro passa por dentro de localidades (ruas estreitas e sem passeios) e é estreita e sinuosa

A principal ligação viária entre Águeda e Aveiro passa por dentro de localidades (ruas estreitas e sem passeios) e é estreita e sinuosa

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top