Motocrosse: Dessalle ‘furou’ supremacia da KTM

O belga Clement Dessalle, em Suzuki, venceu o Grande Prémio de Portugal de MX1, realizado domingo em Águeda, sendo o primeiro piloto na época que não integra a equipa da KTM a triunfar num grande prémio em todas as vertentes do campeonato do mundo.

Em MX2 e em WMX (senhoras), o francês Marvin Musquin e a alemã Stephanie Laier, ambos tripulando uma KTM, não admitiram qualquer surpresa.

Dessalle foi o mais regular em Águeda, com dois segundos lugares nas duas mangas em MX1, perante as vitórias dos KTM Max Nagl e Antonio Cairoli. O italiano, campeão do mundo na classe, lidera o mundial com 179 pontos, contra 161 de Nagl e 133 de David Philippaerts (Yamaha).

Após Águeda, o campeão mundial de MX2 Musquin regressou à liderança do mundial na classe, ultrapassando o jovem alemão Ken Roczen (Suzuki), que completara o seu 16º aniversário na semana anterior no comando mercê de segundos lugares obtidos nos grandes prémios anteriores.

Quanto a Rui Gonçalves, em MX1, só a falta de rodagem evitou um resultado melhor que o 11º lugar final, após o seu segundo grande prémio. Soma 24 pontos no circuito mundial.

(informação completa na edição impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top