“O Estado está a demitir-se de funções de soberania importantes” – Paulo Matos (PSD)

Paulo Matos

A propósito da municipalização da educação, Paulo Matos, antigo deputado do PSD na Assembleia da República, considera que “o Estado está a demitir-se de funções de soberania importantes”. O social-democrata falava na sessão da Assembleia Municipal de Águeda, agendada para discutir o estado do concelho, .

“Não me agrada nada”, referiu Paulo Matos, de forma frontal, para defender a “estabilidade” na educação. “É um valor demasiado importante para ser transferido para as autarquias locais”, considerou.
Para o social-democrata, “a educação são valores e corremos o risco que ela fique refém de vontades, não estáveis”. Considerou também “importante” o debate sobre esta matéria, criticando o “secretismo” e vincando que “é uma medida do Governo que defendo mas que não concordo”.
O membro do PSD na Assembleia Municipal de Águeda colocou várias questões diretas ao presidente da Câmara, o socialista Gil Nadais, principal defensor do processo de municipalização. O que levou Abrunhosa Simões a ironizar com o que definiu como “choque ideológico”.
(leia reportagem desenvolvida nas edições e-paper e impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top