Oratória de Natal do Conservatório de Águeda

Oratória do Conservatório de Música de Águeda

O Conservatório de Música de Águeda apresentou, nos dias 15 e 17, nas Igrejas de Santo António de Vagos e São Tiago de Beduído (Estarreja), a oratória de Natal

Intitulada “Porque o Profeta escreveu”, a oratória da autoria do Professor Miguel Rodrigues, contou com a participação dos coros, orquestra clássica e solistas do Conservatório de Música de Águeda, sob a direção do próprio autor.
Segundo Miguel Rodrigues, trata-se de “uma obra de concerto, de carácter religioso, que conta a história do nascimento de Jesus”.
“Apesar da obra ser definida como oratória, reveste-se de características visivelmente operáticas, compondo-se de pequenas árias, coros e recitativos”, refere ainda o autor, acrescentando que “é neste sentido que se deve compreender a possível encenação da obra”.
Os espetáculo contaram com a participação de cerca de 150 elementos que formavam o coro, orquestra clássica e solistas, entre alunos e professores do Conservatório de Música de Águeda.
A forte adesão por parte do público, que lotava por completo as igrejas, foi “gratificante, nomeadamente para os alunos e professores envolvidos, que ao longo do período letivo prepararam afincadamente toda a obra e que se dispuseram a estar presentes fora do âmbito da escola”.
Os espetáculos atraíram perto de um milhar de espectadores no conjunto das duas apresentações.
A organização foi partilhada pelo Conservatório de Música de Águeda em parceria com as paróquias locais, a quem o Conservatório “agradece o acolhimento recebido e a colaboração dispensada”.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top