Orfeão de Águeda: Condutor do autocarro acusado de homicídio

O Ministério Público (MP) considerou que o condutor do autocarro que se despistou em Santa Maria da Feira, quando transportava o coro do Orfeão de Águeda, em 17 de outubro de 2009, foi o único responsável pelo acidente, que provocou um morto e dezenas de feridos.

O MP deduziu acusação contra o motorista do autocarro, de 57 anos, por um crime de homicídio por negligência, outro de ofensa à integridade física grave negligente e 13 crimes de ofensa à integridade física negligente.

A defesa do arguido não concordou com a acusação e requereu a abertura da instrução do processo, alegando que o acidente se ficou a dever a falhas de manutenção no veículo acidentado.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS VERSÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top