Paula Cardoso não vai assumir lugar como vereadora municipal

Paula Cardoso, candidata derrotada pela coligação PSD/CDS-PP à Câmara Municipal de Águeda, não deverá assumir o seu lugar como vereadora no executivo municipal, permanecendo apenas como deputada na Assembleia da República – apurou o RA.

A atual líder do PSD/Águeda ainda não confirmou publicamente a sua decisão. Ao RA (edição e-paper e impressa), Paula Cardoso afirmou apenas: “Ainda não decidi, ponderarei com base no tempo que me ocupará. Se puser em causa o meu trabalho, é preferível fazer um trabalho bem do que dois maus”. E insistiu: “Prefiro sempre fazer um trabalho bem do que dois mal”.

O lugar de Paula Cardoso na vereação será ocupado por José Oliveira, o terceiro da lista da coligação e o segundo do PSD. Será assim o único deste partido com assento no executivo municipal, porque Miguel Oliveira, o número dois da lista da coligação, é o líder do CDS-PP/Águeda.

Desde as eleições municipais de 1997, o único candidato derrotado a assumir o seu lugar de vereador foi José Brenha (PS, em 2001). Gil Nadais (PS, 1997), Horácio Marçal (PSD, 2005) e Castro Azevedo (PSD, 2009) renunciaram.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top