Paulo Matos (PSD) considera que “presidentes de Junta têm sido humilhados”

Paulo Matos, presidente da mesa do plenário do PSD/Águeda e ex-presidente da Assembleia Municipal, considera que “os autarcas das freguesias do concelho de Águeda têm sido injustamente humilhados, menorizados e desprestigiados no exercício da sua acção política”.

O dirigente político referiu ao RA que esta situação tornou-se “absolutamente incontornável” após a última sessão da Assembleia Municipal, que aprovou o plano de actividades e orçamento da Câmara Municipal de Águeda.

Para Paulo Matos, “a liberdade de exercício da acção política não pode estar permanentemente sujeita à chantagem e ao condicionamento da vida interna dos partidos políticos, ou de quaisquer associações cívicas”.

O PSD/Águeda tem marcado um plenário de militantes para esta sexta-feira, dia 28, para, entre outros assuntos em agenda, analisar a situação político-partidária.

(informação completa na edição impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top