Poder de compra do concelho e região abaixo da média nacional

Águeda é o 101º município (dos 308 do país) com maior índice de poder de compra (79,09), atrás de Santa Maria da Feira (79,35) e à frente de Guimarães (78,92), de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

A nível do distrito, Aveiro é o município com maior índice de poder de compra (11º, com 134,02) mas muito atrás do município líder (Lisboa, com 235,74). A capital, de resto, surge muitos pontos acima dos municípios que lhe sucedem nas posições imediatas: Oeiras (172,95), Porto (170,50), Cascais (155,74), Alcochete (144,81), Faro (141,55), Porto Santo (139,92), Coimbra (139,13), Montijo (137,64) e Funchal (135,44). Este é o “top ten”.

 

ÁGUEDA EM

7º NO DISTRITO

 

Dos municípios do distrito de Aveiro, São João da Madeira surge em 12º lugar (131,69), sendo assim o segundo município distrital em índice de poder de compra, depois de Aveiro. Espinho (27º, com 110,53), Ovar (79º, com 85,03), Ílhavo (80º, com 84,83) e Santa Maria da Feira (100º, com 79,35) surgem à frente de Águeda.

Mealhada (111º, com 77,40), Oliveira do Bairro (122º, com 75,35), Oliveira de Azeméis (123º, com 75,01) e Albergaria-a-Velha (124º, com 74,91) são os municípios do distrito que se seguem a Águeda no ranking do poder de compra.

Surgem depois Estarreja (131º, com 73,06), Vale de Cambra (134º, com 72,56), Anadia (147º, com 68,67), Murtosa (185º, com 64,03), Sever do Vouga (192, com 62,64), Vagos (204º, com 61,09), Arouca (234º, com 57,10) e Castelo de Paiva (257º, com 54,29).

(informação completa na edição impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top