Povo que Lavas no Rio Águeda

O imponente espectáculo inter-associativo que Águeda constrói, a cada ano, sobre as águas do seu rio, teve nova edição em 2010. Um musical exuberante, contemporâneo e visual, inspirado no repertório musical de todos os tempos dedicado ao imaginário ribeirinho: “Povo Que Lavas no Rio Águeda”.

Com guião revisto e melhorado, “Povo Que Lavas no Rio Águeda” evidenciou o carácter inspirador que o rio provoca na criação artística local, ao fazer revisitar ou mesmo estimular um repertório musical e poético dedicado ao Rio Águeda.

Uma estética musical cruzada e actualizada, leve tendência pop para o infindável alfarrábio de canções ribeirinhas de todos os tempos. Neste espectáculo, o poema de Homem de Mello regressa à sua origem primeira: o Rio Águeda.

 

Participantes: Agrupamento 141 CNE Águeda, Aquatuna LAAC, ARCEL, ARCOR, Barqueiros de Macinhata do Vouga, Cantate Iubilo, Com.Cenas, coral O Espranjar da Banda Nova de Fermentelos, Coro Infantil EMtrad’, Coro Jovem, Escola Secundária Adolfo Portela, GICA, Orfeão da Associação Cultural de Recardães, Orfeão do Paraíso Social, Orquestra Típica de Águeda, Os Serranos, Tuna de Ois da Ribeira

E ainda: André Varandas & Jorge Bem, Confutatis, Johnny’s Gang, The Six e Toques do Caramulo.

 

(informação completa na edição impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top