Problemas sociais: 210 casos em apenas oito meses na CPCJ de Águeda

Em 31 de Agosto deste ano, a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Águeda já tinha em mãos 210 casos, o que deixa adivinhar um aumento em relação ao ano passado, já que no ano passado, ao longo de todo o ano, registaram-se um total de 215 casos.

Segundo dados avançados por José Marques Vidal, presidente da CPCJ de Águeda este ano, de Janeiro até 31 de Agosto, foram abertos 97 processos, 15 foram reabertos e 98 transitaram do ano passado.

Já no que diz respeito ao tipo de problemáticas, este ano, aparece a negligência no topo com 42 casos, seguindo-se os maus tratos / violência doméstica com 40, registando-se ainda 13 casos de abuso sexual.

Em 2010, e ainda no que se refere às problemáticas, também a negligência lidera com 83 casos, seguindo-se os comportamentos desviantes com 58.

Os responsáveis antecipam um aumento dos problemas sociais devido à crise.

(saiba os números na edição impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top