Protocolo melhora condições dos peregrinos

Assinatura do protocolo entre a Câmara e o Albergue de Santo António

O município de Águeda e o Albergue de Santo António assinaram um protocolo de colaboração para melhorar as condições no apoio a peregrinos.

O Albergue de St. António disponibiliza apoio a todos os peregrinos, tendo registado a pernoita de 800 peregrinos de diversas nacionalidades nos últimos seis meses.
No âmbito da parceria, o município compromete-se a apoiar o albergue com material promocional e informativo para colocação no espaço de convívio do albergue, no sentido de promoção do concelho, bem como livros de autores aguedenses para colocar no espaço de convívio e onde os peregrinos possam conhecer a cultura e tradições do concelho.
A autarquia vai ainda dotar o albergue de alguns equipamentos que se mostrem necessários para apoiar a estada do peregrino, nomeadamente ecopontos e material de primeiros socorros. Vai ainda isentar o Albergue de St. António do pagamento de taxas municipais referentes à sinalização do mesmo no espaço público, carecendo sempre de parecer prévio por parte da Câmara Municipal de Águeda, e sinalizar no mapa os apoios existentes nos caminhos, farmácias, hospital, albergue e outros que tenham relevância para o turismo religioso.
Com este protocolo o Albergue de St. António fica obrigado a promover a divulgação do concelho de Águeda (gastronomia, património histórico e cultural paisagem e valores naturais, entre outros) do Caminho Central de Santiago e Caminho de Fátima, junto de fóruns e sites da especialidade.
O Albergue fica ainda obrigado a comunicar ao município qualquer anomalia de sinalética ou outra detetada nas rotas religiosas do concelho e, sempre que possível, promover a sua retificação. “Sempre que possível, deve proporcionar a cada peregrino a degustação de produtos típicos de Águeda”.
Aquele Albergue deve disponibilizar ao município de Águeda, trimestralmente, o número de peregrinos que utilizaram o mesmo, país de origem e testemunhos deixados pelos peregrinos devidamente documentados.
O vereador do turismo, Edson Santos, considera importante “melhorar as condições de peregrinação, receção, bem como a valorização e promoção das rotas religiosas, em particular procurando divulgar o concelho, as suas gentes e tradições”. O autarca pretende que “o peregrino se sinta acolhido, mas também que queira regressar para conhecer tudo o que Águeda tem para oferecer”.
Câmara e Albergue foram representados na assinatura do protocolo pelo presidente da Câmara, Gil Nadais, e por Júlio César Ramos.

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top