RD Águeda campeão nacional de corta-mato

Nacional de corta-mato curto na Figueira da Foz

O RD Águeda/Ferrão & Guerra venceu, pela terceira vez consecutiva, a classificação coletiva de seniores femininos do campeonato nacional de corta-mato curto. Sem a presença (novamente) do Sporting, mostrou ser mais forte que a concorrência, em especial a do Sporting de Braga. Fábio Simões foi campeão nacional em juniores masculinos e Carla Martinho em veteranas F40

Foi nas Abadias, na Figueira da Foz, que a versão curta do corta-mato coroou novamente a equipa feminina do RD Águeda, confirmando o favoritismo perante a ausência do Sporting, que desde há três anos opta por não participar, apostando apenas no corta-mato longo (que será realizado em março, em Vale de Cambra).
A equipa aguedense voltou a revelar grande coesão, resguardando sempre a sua melhor unidade, Emília Pisoeiro. Neide Dias, Carla Martinho e Susana Cunha foram passando pela frente do grupo principal, que começou a definir posições a meio da segunda e última volta de dois quilómetros. Aí, a jovem do Braga Mariana Machado (filha da atleta olímpica Albertina Machado, nascida em 2000) arrancou, vencendo individualmente pela terceira vez consecutiva (nas duas épocas anteriores ainda era júnior), à frente de Emília Pisoeiro (nascida em 1986), que gastou mais 9 segundos, e de Susana Cunha (nascida em 1988), que gastou mais 12 segundos. Manuela Martins (Maratona), Joana Ferreira (Juv. Vidigalense), Lia Lemos (Maia), Carla Martinho (RD Águeda, 7ª, a 34s, e a melhor veterana F40), Carla Mendes (Braga), Sara Pinho (São Salvador do Campo) e Clarisse Cruz (Grecas, a 2ª em veteranas F40) completaram o top ten.
Pelo RD Águeda, Neide Dias foi 14ª, fechando a equipa para a coletiva, Jéssica Matos 16ª, Bárbara Oliveira 18ª e Joana Nunes 52ª, entre 250 atletas que completaram a prova. O RD Águeda somou 26 pontos, contra 37 do Braga e 81 do Grecas de Vagos, entre 31 equipas.

JOÃO ALMEIDA NO TOP TEN

Em seniores masculinos houve surpresa na vitória individual, com Paulo Barbosa e Nuno Costa (Maia) a superiorizarem-se ao principal favorito, Samuel Barata (Benfica), com o aveirense Hugo Almeida (Braga) a ser quarto. Entre estes quatro atletas a diferença foi de 8 segundos. O Benfica, tal como o RD Águeda em femininos, confirmou todavia o favoritismo coletivo, somando 22 pontos, contra 45 do Braga e 49 do Maia. O RD Águeda foi 8º (segunda melhor equipa do distrito, atrás do Guilhovai) com 207 pontos, entre 43 equipas.
Destaque, tal como no nacional de estrada, para a prestação de João Almeida (RD Águeda), 9º classificado com mais 17 segundos que o vencedor. Ficou atrás apenas de três maiatos, quatro benfiquistas e um bracarense. Fábio Simões foi 42º (a 1m07s), Pedro Nadais 77º, Luis Martins 79º (3º em veteranos M45), Ricardo Marques 98º, Fábio Castro 150º, Hélder Gonçalves 175º e Celso Moreira 226º, entre 381 que completaram a prova.
Com a prestação nesta prova, Fábio Simões (nascido em 2002) sagrou-se campeão nacional de juniores masculinos, à frente do arouquense Samuel Rios (nascido em 2001), da Água de Pena, e de João Pais (Atletismo de Seia), que gastaram mais 13 e 14 segundos que o atleta de Belazaima do Chão.

fabio-simoes

Fábio Simões, campeão nacional de juniores masculinos em corta-mato curto

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top