SCUT: “Governo aproximou-se das posições defendidas” pelos municípios da região (Ribau Esteves)

O presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA), Ribau Esteves, disse esta semana que a decisão governamental sobre as SCUT se aproximou “muito” das posições que este organismo veio tomando ao longo deste processo.

Ribau Esteves, que é também presidente da Câmara de Ílhavo (PSD), começou por considerar positiva a aplicação do princípio da universalidade, afirmando compreender que o Governo tenha definido dois prazos diferentes para a introdução de portagens nas SCUT.

“A diferença de data é inevitável por força das três SCUT do Norte estarem prontas, enquanto nas outras ainda é preciso instalar os pórticos”, argumentou o autarca.

Ribau Esteves congratulou-se ainda com o facto do Governo ter criado um regime de discriminação positiva para os utilizadores locais e um regime transitório de isenções a vigorar até ao final de Junho de 2012.

“Esta foi uma exigência nossa, nomeadamente para cumprir a execução das obras respeitantes às vias alternativas às estradas municipais que vão receber o tráfego destas SCUT que vão ter portagens”, afirmou o autarca.

Ribau Esteves defende que estas obras devem ser feitas pelo Governo ou em parcerias do Governo com as câmaras utilizando fundos comunitários.

O autarca referiu ainda que a A25 não tem alternativas “para o tráfego pesado de mercadorias”.

(informação completa na edição impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top