Será desta que as residências universitárias avançam?

Residências Universitárias

O processo de requalificação das residências universitárias da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda (ESTGA) tem novos desenvolvimentos

Depois de, recentemente, o diretor da escola, Artur Ferreira, se queixar dos constrangimentos causados pela falta das residência universitárias e de Jorge Almeida, presidente da câmara, ter anunciado que, em abril, iria haver novidades, a autarquia vai agora ouvir novamente as empresas que concorreram para a realização da empreitada para saber se mantém os preços e condições (um processo que vai demorar 10 dias) para depois avançar com a abertura do concurso público.

Este é um processo que se arrasta há vários anos e que conheceu vários avanços e recuos até ao descerramento da placa do lançamento das obras em fevereiro do ano passado, no dia aberto da escola. Entretanto, a câmara municipal suspendeu o processo justificada com a alteração do executivo municipal e a aprovação das Grandes Opções do Plano para o ano de 2018.

(notícia completa na edição da semana – versões e-paper e impressa)
Autores

Notícias Relacionadas

*

Top