Arquivos da Tag: Aguada de Baixo

Região de Águeda, edição de 22 de janeiro de 2020

Região de Águeda | edição n.º 1093

Região de Águeda | edição n.º 1093

A edição da semana do Região de Águeda destaca novamente a ligação Águeda – Aveiro e a resposta do ministro Pedro Nuno Santos à deputada do PSD Ana Miguel dos Santos. Águeda fica à espera da “solução” anunciada pelo governante para finalmente resolver uma reivindicação de décadas.

Região de Águeda, edição de 15 de janeiro de 2020

Região de Águeda | edição n.º 1092

A edição da semana do Região de Águeda destaca a situação interna no PSD/Águeda, com a comissão política a retirara a confiança aos membros da assembleia municipal eleitos pelo partido e estes a reagirem, explicando os motivos porque haviam suspendido os seus mandatos.

Pavilhão da ARCA

ARCA: “Concluir as obras de beneficiação do pavilhão é prioridade”

A ARCA Associação Recreio Cultura e Assistência de Aguada de Baixo comemora 33 anos no dia 16 de novembro, com um jantar, que reunirá sócios e amigos da coletividade, no pavilhão. Em entrevista ao RA, Miguel Encarnação, presidente da direção, fala das principais necessidades da associação, que passam sobretudo por concluir as obras de beneficiação

Região de Águeda, edição de 27 de novembro de 2019

Região de Águeda | edição 1085

A edição do Região de Águeda de 27 de novembro destaca o facto de Gil Nadais, anterior presidente do município de Águeda, estar em rota de colisão com a atual câmara, presidida por Jorge Almeida, que foi seu vice-presidente durante 12 anos. O motivo foi a instalação da central de betão no parque empresarial do

Maria Elisa Gonçalves, presidente do Paraíso Social

“Recrutamento de recursos humanos afeta” as IPSS – Paraíso Social

O Paraíso Social comemora 20 anos, com um jantar marcado para sábado, dia 23, a partir das 19h30, no salão da Junta de Freguesia. Elisa Gonçalves, presidente da direção, faz um “balanço francamente positivo” destes 20 anos, fala da situação financeira da instituição que classifica de “razoavelmente equilibrada” e das principais dificuldades que passam sobretudo

Top